A CRIMINALIDADE NA PANDEMIA COVID-19 NO BRASIL

revisão integrativa

Palavras-chave: violência, criminalidade, Covid 19, pandemia

Resumo

Trata-se de um estudo bibliográfico do tipo revisão integrativa. Foi possível identificar na literatura, estudos que evidenciaram a criminalidade no Brasil durante a pandemia Covid-19. Foram buscas realizadas nas bases LILACS; JSTOR (Journal Storage); Pubmed; Web of Science; Scopus e ERIC proquest, no total 12 artigos analisados após o refinamento. As violências mais identificadas foram: com mulheres, idosos, crianças, adolescentes, ameaças a pesquisadores e o aumento do narcotráfico. Portanto, a maioria dos estudos evidenciaram que com o distanciamento social e o isolamento junto com infratores, foram dados que justificam os crimes durante e pandemia Covid-19 no Brasil.

Biografia do Autor

Vanessa dos Santos Ribeiro, Universidade de São Paulo (USP)

Bacharel e Licenciada em Enfermagem pela Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto - Universidade de São Paulo (2015). Membro do Grupo de Pesquisa Enfermagem e Comunicação. Foi Bolsista de Iniciação Científica - CNPq de 2012 à 2015 e é membro do Sigma Theta Tau Internacional desde 2015. Mestrado pela Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto - Universidade de São Paulo (2018). Pesquisa nas áreas de educação, metodologia de ensino e comunicação em enfermagem.

CV: http://lattes.cnpq.br/1465156863001545

Referências

AGUIAR, R. B. et al. Idosos vivendo com HIV – comportamento e conhecimento sobre sexualidade: revisão integrativa. Ciênc. saúde coletiva, v. 25, n. 2, p. 575-84, 2020. Disponível em: https://doi.org/10.1590/1413-81232020252.12052018 Acesso em: 17 nov. 2021.

AQUINO, E. M. L. et al. Medidas de distanciamento social no controle da pandemia de COVID-19: potenciais impactos e desafios no Brasil. Ciência & Saúde Coletiva, v. 25, n. Supl.1, p. 2423-46, 2020. Disponível em: https://doi.org/10.1590/1413-81232020256.1.10502020 Acesso em: 17 nov. 2021.

CAMILO, L. S. S. et al. Preservação da cena de crime pelo enfermeiro no serviço de atendimento móvel de urgência: uma revisão integrativa. Ciências Biológicas e de Saúde, v. 4, n. 2, p. 185-202, 2017. Disponível em: https://periodicos.set.edu.br/cadernobiologicas/article/view/4602 Acesso em: 17 nov. 2021.

CARDOSO, P. V. et al. A importância da análise espacial para tomada de decisão: um olhar sobre a pandemia de covid-19. Rev. Tamoios, v. 16, n. 1, especial, p. 125-37, 2020. Disponível em: https://www.e-publicacoes.uerj.br/index.php/tamoios/article/view/50440 Acesso em: 17 nov. 2021.

CAMPOS, B.; TCHALEKIAN, B.; PAIVA, V. Violence against women: programmatic vulnerability in times of sars-cov-2 / covid-19 in São Paulo. Psicol. Soc., v. 32, p. 1-20, 2020. Disponível em: https://doi.org/10.1590/1807-0310/2020v32240336 Acesso em: 17 nov. 2021.

CONDE, M. Brazil in the Time of Coronavírus. Geopolítica(s), v. 11, n. Especial, p. 239-49, 2020. Disponível em: https://redib.org/Record/oai_articulo2645594-brazil-time-coronavirus Acesso em: 17 nov. 2021.

DANSKI, et al. Importância da prática baseada em evidências nos processos de trabalho do enfermeiro. Cienc Cuid Saude, v. 16, n. 2, p. 1-6, 2017. Disponível em: https://pesquisa.bvsalud.org/portal/resource/pt/biblio-966819 Acesso em: 17 nov. 2021.

DESLANDES, S. F.; COUTINHO, T. The intensive use of the internet by children and adolescents in the context of COVID-19 and the risks for self-inflicted violence. Ciênc. saúde coletiva, v. 25, supl.1, 2020. Disponível em: DOI: 10.1590/1413-81232020256.1.11472020 Acesso em: 17 nov. 2021.

EKTORP, E. Death threats after a trial on chloroquine for COVID-19. Lancet Infect Dis. v. 20, n. 6, p. 661, 2020. Disponível em: https://pesquisa.bvsalud.org/global-literature-on-novel-coronavirus-2019-ncov/resource/pt/covidwho-401705 Acesso em: 17 nov. 2021.

FERREIRA, L. et al. Educação Permanente em Saúde na atenção primária: uma revisão integrativa da literatura. Saúde debate, v. 43, n. 120, p. 223-39, 2019. Disponível em: https://doi.org/10.1590/0103-1104201912017 Acesso em: 17 nov. 2021.

FOSSATTI, E. C.; MOZZATO, A. R. M.; MORETTO, C. F. O uso da revisão integrativa na administração: um método possível? RECC – Revista Eletrônica Científica do CRA-PR, v. 6, n. 1, p. 55-72, 2019. Disponível em: http://recc.cra-pr.org.br/index.php/recc/article/view/169 Acesso em: 17 nov. 2021.

FRIEDE, R. Uma reflexão sobre as medidas iniciais adotadas no combate à covid-19 no Brasil. Rev. Augustus, v. 25, n. 51, p. 15-30, 2020. Disponível em: https://doi.org/10.15202/1981896.2020v25n51p15 Acesso em: 17 nov. 2021.

GOMES, V. T. S. et al. A Pandemia da Covid-19: Repercussões do Ensino Remoto na Formação Médica. Revista brasileira de educação médica. v. 44, n. 4, p. e114, 2020. Disponível em: https://doi.org/10.1590/1981-5271v44.4-20200258 Acesso em: 17 nov. 2021.

GRANER, K. M.; CERQUEIRA, A. T. A. R. Revisão integrativa: sofrimento psíquico em estudantes universitários e fatores associados. Ciência & Saúde Coletiva, v. 24, n. 4, p. 1327-46, 2019. Disponível em: https://doi.org/10.1590/1413-81232018244.09692017 Acesso em: 17 nov. 2021.

LEVANDOWSKI, M. L. et al. Impacto do distanciamento social nas notificações de violência contra crianças e adolescentes no Rio Grande do Sul, Brasil. Cad. Saúde Pública, v. 37, v. 1, p. e00140020, 2021. Disponível em: https://doi.org/10.1590/0102-311X00140020 Acesso em: 17 nov. 2021.

LOPES, I. E.; NOGUEIRA, J. A. D.; ROCHA, D. G. Eixos de ação do Programa Saúde na Escola e Promoção da Saúde: revisão integrativa. Saúde debate, v. 42, n. 118, p. 773-89, 2018. Disponível em: https://doi.org/10.1590/0103-1104201811819 Acesso em: 17 nov. 2021.

MAIA, A. B. P. M.; ASSISA, S. G.; RIBEIRO, F. M. L. Ferimentos por arma de fogo em profissionais de segurança pública e militares das forças armadas: revisão integrativa. Rev Bras Saude Ocup, v. 44, p. e9, 2019. Disponível em: https://doi.org/10.1590/2317-6369000031217 Acesso em: 17 nov. 2021.

MARQUES, E. M. et al. A violência contra mulheres, crianças e adolescentes em tempos de pandemia pela COVID-19: panorama, motivações e formas de enfrentamento. Cad. Saúde Pública, v. 36, n. 4, p. e00074420, 2020. Disponível em: https://doi.org/10.1590/0102-311X00074420 Acesso em: 17 nov. 2021.

MARTINS-FILHO, P. R et al. Decrease in child abuse notifications during COVID-19 outbreak: A reason for worry or celebration?. Journal of paediatrics and child healt. v. 56, n. 12, p. 1980–1, 2020. Disponível: https://doi.org/10.1111/jpc.15213 Acesso em: 17 nov. 2021.

MORAES, C. L. et al. Violência contra idosos durante a pandemia de Covid-19 no Brasil: contribuições para seu enfrentamento. Ciênc. saúde coletiva, v. 25, supl. 2, 2020. Disponível em: https://doi.org/10.1590/1413-812320202510.2.27662020 Acesso em: 17 nov. 2021.

NÉDER, P. R. et al. Current state of trauma and violence in São Paulo - Brazil during the COVID-19 pandemic. Rev. Col. Bras. Cir. v. 48, e20202875, 2021. Disponível: https://doi.org/10.1590/0100-6991e-20202875 Acesso em: 17 nov. 2021.

OLIVEIRA, A. L. S.; LUNA, C. F. SILVA, M. G. P. Homicídios do Brasil na última década: uma revisão integrativa. Ciência & Saúde Coletiva, v. 25, n. 5, p. 1925-33, 2020. Disponível em: https://doi.org/10.1590/1413-81232020255.09932018 Acesso em: 17 nov. 2021.

REZENDE, J. M. R. Epidemia, endemia, pandemia. Epidemiologia. Revista de patologia tropical. v. 27, n. 1, p. 153-5, 1998. Disponível: https://doi.org/10.5216/rpt.v27i1.17199 Acesso em: 17 nov. 2021.

SÁ, L. P. et al. COVID 19 e sua correlação com eventos trombóticos no sistema nervoso central. Brazilian Journal of health Review, v. 3, n. 6, p. 1-5, 2020. Disponível em: https://doi.org/10.34119/bjhrv3n6-290 Acesso em: 17 nov. 2021.

SOUSA, L. M. S. et al. A metodologia de revisão integrativa da literatura em enfermagem. Revista investigação em enfermagem, v. 2, n. 21, p. 17-26, 2017. Disponível em: http://www.sinaisvitais.pt/images/stories/Rie/RIE21.pdf#page=17 Acesso em: 17 nov. 2021.

SU, H. et al. Renal histopathological analysis of 26 postmortem findings of patients with COVID-19 in China. Kidney International, v. 98, n. 1, p. 219-27, 2020. Disponível: https://doi.org/10.1016/j.kint.2020.04.003 Acesso em: 17 nov. 2021.

VIEIRA, P.R.; GARCIA, L. P.; MACIEL, E. L. N. Isolamento social e o aumento da violência doméstica: o que isso nos revela?. Rev. Bras. Epidemiologia, v. 23: e200033, 2020. Disponível em: https://doi.org/10.1590/1980-549720200033 Acesso em: 17 nov. 2021.

VINDEGAARD, N.; BENROS, M. E. COVID-19 pandemic and mental health consequences: Systematic review of the current evidence. Brain, Behavior, and Immunity, v. 89; 2020, p. 531-42, 2020. Disponível em: DOI: 10.1016/j.bbi.2020.05.048 Acesso em: 17 nov. 2021.

TAVARES, R. E. et al. Envelhecimento saudável na perspectiva de idosos: uma revisão integrativa. Rev. bras. geriatr. gerontol. v. 20, n. 6, p.889-900, 2017. Disponível em: https://doi.org/10.1590/1981-22562017020.170091 Acesso em: 17 nov. 2021.

WELLICHAN, D. S. P.; ROCHA, E. S. S. As bibliotecas diante de uma pandemia: atuação e planejamento devido a covid-19. Revista ACB: Biblioteconomia em Santa Catarina, v. 25, n. 3, p. 493-508, 2020. Disponível em: https://revista.acbsc.org.br/racb/article/view/1700 Acesso em: 17 nov. 2021.
Publicado
2022-05-05
Como Citar
Ribeiro, V. (2022). A CRIMINALIDADE NA PANDEMIA COVID-19 NO BRASIL. Revista Do Instituto Brasileiro De Segurança Pública (RIBSP) - ISSN 2595-2153, 5(11), 134-143. https://doi.org/https://doi.org/10.36776/ribsp.v5i11.164