O PAPEL ESTRATÉGICO DO CONSELHO NACIONAL DE COMANDANTES GERAIS NA ATUAÇÃO COORDENADA DAS POLÍCIAS OSTENSIVAS ESTADUAIS

Palavras-chave: Polícias Militares, Segurança Pública, Colegiado, Estratégia

Resumo

No contexto de alta dos índices criminais e de pouca articulação entre as Corporações Militares Estaduais, surgiu o Conselho Nacional de Comandantes-Gerais PM/BM – CNCG, com a finalidade de participar na formulação das políticas e diretrizes da segurança pública. A questão central deste trabalho é compreender qual o papel do CNCG-PM/BM na definição das pautas estratégicas da Segurança Pública do Brasil. Pautado em levantamentos bibliográficos e documental, a pesquisa evidenciou que o Colegiado ocupa papel relevante na articulação de pautas para a Segurança Pública; suas deliberações são rapidamente institucionalizadas, fruto do debate entre os Comandantes-Gerais. Destacou, ainda, que a importância estratégica do CNCG é ressaltada no quantitativo de tropa que ele representa, efetivo maior que o das Forças Armadas, e ainda, pela troca de experiências dos Comandantes e gestores, apoio em formação, e também na possibilidade de especialização do efetivo militar em outros países.

Biografia do Autor

Deivsson Souza Bispo, Polícia Militar de Rondônia (PMRO)

Doutorando em Administração pela UNOESC. Mestre em Administração pela Universidade Federal de Rondônia, com trabalho voltado à inovação na Administração Pública. Graduado em Direito pela Universidade Cruzeiro do Sul. Bacharel em Segurança Pública pela Universidade Federal de Rondônia. É especialista em Inteligência Estratégica pela Escola Superior de Guerra do Ministério da Defesa. É também pós-graduado em Direito Administrativo, pela Faculdade AVM, e em Ciências Jurídicas, pela Universidade Cruzeiro do Sul. Membro/Diretor Estadual do Instituto Brasileiro de Segurança Pública - IBSP. Avaliador da Revista do IBSP (Qualis B-4). É docente nas áreas de Direito Administrativo, Administração Pública e Direito Militar.

http://lattes.cnpq.br/2138612011480991

Referências

BISPO, D.S. A Administração Pública e a formação de laços cooperativos na segurança pública. Governet: Boletim de Convênios e Parcerias, Curitiba, Ano 13, n. 143. p. 231-237, mar. 2017.

BISPO, D.S; MULLER, C.A.S. Inovação na Polícia Militar e Participação Social. In: WATANABE, C.Y. V. et al (org.). Justiça, Fronteiras e Tecnologia. Curitiba: Publishing, 2020. p. 26-47. Disponível em: https://aeditora.com.br/produto/e-book-justica-fronteiras-e-tecnologia. Acesso em: 15 maio. 2021.

BRASIL. [Constituição (1988)]. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Brasília, DF: Presidência da República, 2020. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Constituicao/ Constituiçao.htm. Acesso em: 1 abr. 2021.

_________. Câmara dos Deputados. Proposta de Emenda à Constituição nº 423, de 6 de agosto de 2014. Altera dispositivos da Constituição Federal para permitir à União e aos Estados a criação de polícia única e dá outras providências. Brasília, DF: Câmara dos Deputados, 2014. Disponível em: https://www.camara.leg.br/proposicoesWeb/fichadetramitacao?idProposicao=621521&ord=1 Acesso em: 29 maio 2021.

_________. Decreto nº 88.777, de 30 de setembro de 1983. Aprova o regulamento para as policias militares e corpos de bombeiros militares (R-200). Brasília, DF: Senado Federal, 1983. Disponível em: http://www.planalto.gov.br Acesso em: 21 abr. 2021.

_________. Decreto-Lei nº 667, de 02 de julho de 1969. Reorganiza as Polícias Militares e os Corpos de Bombeiros Militares dos Estados, dos Territórios e do Distrito Federal e dá outras providências. Brasília, DF: Senado Federal, 1969. Disponível em: http://www.planalto.gov.br Acesso em: 15 abr. 2021.

_________. Lei Federal nº 13.675, de 11 de junho de 2018. Disciplina a organização e o funcionamento dos órgãos responsáveis pela segurança pública, nos termos do § 7º do art. 144 da Constituição Federal. Brasília, DF: Presidência da República, 2020. Disponível em: http://www.planalto.gov.br Acesso em: 1 abr. 2021.

_________. Exército. Comando de Operações Terrestres. Atribuições. Rio de Janeiro: EB, [2020]. Disponível em: http://www.coter.eb.mil.br/index.php/atribuicoes-igpm. Acesso em: 20 abr. 2021.

_________. Ministério da Defesa. Glossário das Forças Armadas: MD 35-G-01. Brasília: MD, 2015. Disponível em: https://bdex.eb.mil.br/jspui/bitstream/123456789/141/1/MD35_G01.pdf Acesso em: 14 maio 2021.

_________. Presidência da República. Portaria nº 149, de 19 de setembro de 2018. Cria o Comitê de Articulação Institucional dos Conselhos e Colegiados das Instituições de Segurança Pública, que centralizará a comunicação desses com o Ministério da Segurança Pública. Brasília, DF: Presidência da República, 2018. Disponível em: http://www.planalto.gov.br. Acesso em: 1 abr. 2021.

CONFEDERAÇÃO NACIONAL DA INDÚSTRIA. Custo da Violência. Nota Econômica, Brasília, DF, n.6, 2016. Disponível em: https://noticias.portaldaindustria.com.br/noticias/economia/industria-perde-r-130-bilhoes-por-ano-com-a-violencia-no-brasil. Acesso em: 20 maio 2021

CONSELHO NACIONAL DE COMANDANTES-GERAIS DAS POLÍCIAS E CORPOS DE BOMBEIROS MILITARES (Brasil). Estatuto do Conselho Nacional de Comandantes-Gerais das Polícias e Corpos de Bombeiros Militares. Rio de Janeiro: CNCG, 2016.

_________. O Conselho Nacional de Comandantes Gerais: finalidade. Rio de Janeiro: CNCG, 2020. Disponível em: https://cncg.org.br/conheca-o-cncg/finalidade/. Acesso em: 20 mar. 2021.

_________. Resultado da Operação Tiradentes III - ADSUMUS. Rio de Janeiro: CNCG, 2019. Disponível em: https://cncg.org.br/2019/04/operacao-tiradentes-iii-adsumus-resultado-final/. Acesso em: 20 maio 2021.

CONSELHO NACIONAL DE COMANDANTES GERAL; CONFEDERAÇÃO NACIONAL DE AGRICULTURA (Brasil). Protocolo de Intenções para Segurança Pública Rural. Rio de Janeiro: CNCG, 2019.

CRESWELL, J. W . Projeto de pesquisa: métodos qualitativo, quantitativo e misto. 3.ed. Porto Alegre: Penso, 2010.

CUNHA, R.S. da. Proposta de aperfeiçoamento da atuação do Gabinete do Comandante-Geral junto ao Conselho Nacional de Comandantes-Gerais das Polícias e Corpos de Bombeiros militares do Brasil. Orientadora: Luciana Peyrer das Neves Roldan. 2019. 131 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Ciências Policiais de Segurança e Ordem Pública) – Polícia Militar do Estado de São Paulo, São Paulo, 2019.

DURKHEIM, E. As Regras do Método Sociológico. São Paulo: Martin Claret, 2007.

ESCOLA SUPERIOR DE GUERRA (Brasil). Fundamentos do Poder Nacional. Rio de Janeiro: ESG, 2018.

GREGO, Rogério. Atividade Policial: aspectos penais processuais penais, administrativos e constitucionais. 7. ed. Niterói: Impetus, 2016.

HELENO, R.D; GODINHO, N. B. R. Ciclo Completo de Polícia e sua Eficiência na Gestão e Integração dos Órgãos de Segurança Pública. Revista do Instituto Brasileiro de Segurança Pública, São José do Rio Preto, v. 2, n. 1, jan./jun., 2019. Disponível em: http://ibsp.org.br/ibsp/revista/index.php/RIBSP/article/view/50 Acesso em: 15 maio 2021.

MADEIRO, C.; GAMA, A. PMs de 25 Estados não têm o mínimo de soldados previsto nas leis estaduais. UOL Notícias, 22 fev. 2017. Disponível em: https://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2017/02/22/pms-de-26-estados-nao-tem-o-minimo-de-soldados-previsto-em-lei.htm. Acesso em: 10 maio 2021.

MAINARDES, E.W.; FERREIRA, J.; RAPOSO, M. Conceitos de Estratégia e Gestão Estratégica: Qual é o nível de conhecimento adquirido pelos estudantes de gestão? Franca: FACEF PESQUISA, v.14, n.3, p. 278-298, set./out./nov./dez. 2011. Disponível em: https://periodicos.unifacef.com.br/index.php/facefpesquisa/article/viewFile/296/284. Acesso em: 12 julho 2021.

MARCONI, Marina de Andrade; LAKATOS, Eva Maria. Fundamentos de metodologia científica. 7. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

MENDONÇA, Renata. Está na hora de mudar a estrutura da polícia brasileira? BBC News Brasil, São Paulo, 11 fev. 2017 Disponível em: https://www.bbc.com/portuguese/brasil-38895293. Acesso em: 15 de maio. 2021.

PEREIRA, Roger. “Clube da guerra”: a posição do Brasil no ranking das potências militares mundiais. Gazeta do Povo, Curitiba, 21 nov. 2019. Disponível em: https://www.gazetadopovo.com.br/republica/potencias-militares-ranking-mundial-brasil. Acesso em: 10 de maio de 2021.

SOARES, L. E. A Política Nacional de Segurança Pública: histórico, dilemas e perspectivas. Estud. Av., São Paulo, v. 21, n. 61, 2007. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0103- 40142007000300006&script=sci_arttext&tlng=ptrg. Acesso em: 12 maio 2021.

VANAGUNAS, S. Planejamentos dos Serviços Policiais. In. GREENE, J. R. (org.) Administração do Trabalho Policial. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2007. p.43-59
Publicado
2021-11-14
Como Citar
Bispo, D. (2021). O PAPEL ESTRATÉGICO DO CONSELHO NACIONAL DE COMANDANTES GERAIS NA ATUAÇÃO COORDENADA DAS POLÍCIAS OSTENSIVAS ESTADUAIS. Revista Do Instituto Brasileiro De Segurança Pública (RIBSP) - ISSN 2595-2153, 4(10), 35-50. https://doi.org/https://doi.org/10.36776/ribsp.v4i10.134