FUNDAMENTOS DA ESCOLA CLÁSSICA DA CRIMINOLOGIA E PERSPECTIVAS DOS CADETES DA PMDF

Ainda pensamos como os Clássicos?

  • Ricardo Ziegler Paes Leme ISCP/PMDF
  • Felizardo Carneiro Brito Júnior
  • Brunno Miranda Barros
Palavras-chave: Escola Clássica da Criminologia, Perspectivas de Cadetes da PMDF, Crime como escolha individual

Resumo

A pesquisa apresenta as premissas da Escola Clássica da Criminologia, sua base filosófica, seus principais expoentes, métodos e implicações em políticas criminais atuais e avalia se os cadetes da 22ª Turma da PMDF se identificam com seus postulados, buscando analisar quais políticas criminais e soluções na seara criminal serão área de interesse dos futuros comandantes.

 

Nesse sentido, indagou-se, se os cadetes se identificavam com esses postulados? O fato de alguns desses cadetes já terem experiências em agências do Sistema Penal, interferiam em suas concepções?

 

Para responder essas questões, a metodologia da pesquisa consistiu em pesquisa bibliográfica e aplicação de questionários aos cadetes da 22ª Turma, tendo como hipóteses que os cadetes que já exerceram funções no sistema criminal teriam maior identificação com a Escola Clássica.

O universo da amostra foi de 115 (cento e quinze) cadetes da 22ª Turma do CFO. Foram colhidos 87 (oitenta e sete) questionários respondidos manualmente e alimentados pelos pesquisadores na plataforma “SurveyMonkey”, o que corresponde a 75% da população total objeto do estudo.

Com base na análise dos resultados foi possível constatar que a maioria significativa dos cadetes da 22ª Turma se identificam com pressupostos e valores da Escola Clássica da Criminologia.

 

Biografia do Autor

Ricardo Ziegler Paes Leme, ISCP/PMDF

Cadete do 2º ano do Curso de Formação de Oficiais da Polícia Militar do Distrito Federal. Bacharel em Administração (Universidade de Brasília – UnB -2010). Bacharel em Direito (Centro Universitário de Brasília-UniCEUB- 2015). Bacharelando em Ciências Policiais (Instituto Superior de Ciências Policiais ISCP/APMB-2018-2020).

Felizardo Carneiro Brito Júnior

Cadete do 2º ano do Curso de Formação de Oficiais da Polícia Militar do Distrito Federal. Licenciatura em Física(Universidade Federal de Alagoas- UFAL- 2015). Bacharelando em Ciências Policiais (Instituto Superior de Ciências Policiais ISCP/APMB-2018-2020).

Brunno Miranda Barros

Cadete do 2º ano do Curso de Formação de Oficiais da Polícia Militar do Distrito Federal. Bacharel em Direito (Centro de Educação Superior de Brasília - IESB- 2010). Bacharelando em Ciências Policiais (Instituto Superior de Ciências Policiais ISCP/APMB-2018-2020).

Referências

BARATTA, Alessandro. Criminologia Crítica e Crítica do Direito Penal: introdução à sociologia do direito penal. Tradução Juarez Cirino dos Santos. Rio de Janeiro: Revan, 2002.
BAERT, Patrick. Algumas limitações das explicações da Escolha Racional na Ciência Política e na Sociologia. Ver. Bras. Ci. Soc. Vol. 12 n.35 São Paulo Fe. 1997
CERQUEIRA, Daniel; LOBÃO, Waldir. Determinantes da criminalidade: arcabouços teóricos e resultados empíricos. Dados. Revista de Ciências Sociais, Rio de Janeiro, v. 47, n.2, 2004, p. 233-269, p. 247.
CUNHA, Rogério Sanches. Manual de direito penal: parte geral (arts. 1 o ao 120) I Rogério Sanches Cunha - 4. ed. rev., ampl. e atual.- Salvador: JusPODIVM, 2016.
FONSECA, J. J. S. Metodologia da pesquisa científica. Fortaleza: UEC, 2002
GIL, A. C. Métodos e técnicas de pesquisa social. 4. ed. São Paulo: Atlas, 1994. ______. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2007.
PENTEADO FILHO, Nestor Sampaio. Manual esquemático de criminologia / Nestor Sampaio Penteado Filho. – 2. ed. – São Paulo: Saraiva, 2012.
ROQUE, Fabio. Culpabilidade, Livre-arbítrio e Neurodeterminismo, Reflexos Juridicos-Penais, da Revolução Neurocientifica – Fabio Roque – Juspodvm, 2016
SUXBERGER, Antônio Henrique Graciano, Legitimidade da Intervenção Penal.Rio de Janeiro: Lúmen Júris, 2006.
VIANA, Eduardo, Criminologia– 6ª Ed. rev.,atual e ampl – Salvador: JusPODVM, 2018.
ZIEGLER, Ricardo Paes Leme: Criminologia para Concursos – Brasília: Oráculo dos Concursos, 2018.
http://www.ambitojuridico.com.br/site/?n_link=revista_artigos_leitura&artigo_id=12620 Das funções da pena- Henrique Viana Bandeira Moraes- acesso em 23 de novembro de 2018.
https://www.jus.com.br/artigos/45264/teoria-da-escolha-racional-vantagens-e-limitacoes - Thais Angelica Gouveia – acesso em 21 de novembro de 2018.
https://www.canalcienciascriminais.com.br/a-economia-do-crime-precisamos-falar-sobre-gary-becker/ - Adriane da Fonseca Pires –acesso em 02 de dezembro de 2018
Publicado
2020-01-03
Como Citar
Paes Leme, R., Brito Júnior, F., & Barros, B. (2020). FUNDAMENTOS DA ESCOLA CLÁSSICA DA CRIMINOLOGIA E PERSPECTIVAS DOS CADETES DA PMDF. Revista Do Instituto Brasileiro De Segurança Pública (RIBSP), 2(2), 50-71. Recuperado de http://ibsp.org.br/ibsp/revista/index.php/RIBSP/article/view/63